Em Bela Cruz, Edvalda Rios recebe título de cidadã belacruzense

Folha Belacruzense Noticias | segunda-feira, julho 03, 2017 |

Em sessão solene presidida pelo presidente da Camara de Vereadores de Bela Cruz,  Ribeiro Neto (PTB), acontecida na manha da ultima sexta-feira, dia 30 de junho, a Mesa Diretora, concedeu a entrega do tìtulo de cidadã belacruzense a professora Edvalda Maria da Silva Rios pelos relevantes serviços prestados a educação no município de Bela Cruz. O projeto de lei de autoria do vereador Alexandre Jr (PCdoB), teve como justificativa reconhecer o trabalho realizado pela agraciada em prol da educação belacruzense, em especial na Escola Profissional Julio França.

Em discurso, vários oradores exaltaram a homenagem concedida a professora que dedicou os últimos 16 anos a educação de crianças e jovens belacruzenses na função de coordenadora pedagógica, todos ressaltando sua dedicação e seriedade para com o trabalho, separando como poucas pessoas, o profissional do pessoal, sem afastar ninguém ou delimitar distancia de quem quer que fosse.


Emocionada com a homenagem, a professora Edvalda Rios, agradeceu inicialmente a família que sempre esteve ao seu lado nos momentos bons e ruins em toda a sua trajetória ao longo da vida. Com receio de nominar alguns nomes para agradecer e esquecer de alguém, Edvalda pediu licença aos presentes, para em nome de todas as pessoas que fizeram parte dessa trajetória citar o atual núcleo gestor da Escola Profissional Júlio França, Girliane (Diretora), Fernando e Sâmia (Coordenadores), com quem atualmente divide as responsabilidades na condução daquela respeitada instituição escolar. A homenageada, se disse mesmo sendo do município de Marco, já se sentia uma belacruzense a bastante tempo, por ter ao longo dos anos trabalhado incessantemente contribuindo para que os jovens de Bela Cruz pudessem vislumbrar um futuro melhor. Terminou dizendo se sentir privilegiada por tal honraria e que o mesmo, selava de vez sua relação com o município, cidade que aprendeu a amar e que agora lhe concedia o direito de dizer que agora é cidadã belacruzense.

Acesse o Solenidade na Íntegra

Categoria: , ,