Ceará ganha reforço de 113 novos servidores da Perícia Forense

Folha Belacruzense Noticias | sábado, julho 09, 2016 |

O governador Camilo Santana nomeou nesta sexta-feira (8), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, 113 novos profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará, que foram aprovados em todas as etapas do concurso público realizado em 2011 e participaram da 2ª turma do Curso de Formação Profissional da Academia de Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE). Na ocasião, foram entregues medalhas de reconhecimento às autoridades que contribuíram para o engrandecimento das ciências forenses e da segurança pública.


O chefe do Executivo lembrou do compromisso que os servidores devem ter com os cearenses. “Saibam do esforço que o Estado está fazendo para dar posse a cada um de vocês. A partir de agora, vocês são servidores e têm o papel de servir a população da melhor forma possível, com dedicação, trabalho e resultados. Somos uma equipe e conto com a contribuição de cada profissional, para construirmos uma sociedade de paz, com mais segurança”, destacou.

Ao todo, foram empossados 34 médicos perito legista, 19 peritos criminais, seis peritos legistas, 25 auxiliares de perícia da Coordenadoria de Medicina Legal, 24 auxiliares de perícia da Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas e outras cinco pessoas, que conseguiram, na Justiça, o direito de estar entre os aprovados. Os novos profissionais atuarão nos municípios de Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte, Quixeramobim, Canindé, Iguatu, Tauá, Russas e Crateús.

Camilo Santana acrescentou que a interiorização dos serviços prestados pela perícia está sendo implementada pela gestão estadual. “A Pefoce tem um papel fundamental na elucidação dos crimes, que é um viés importante para reduzir a violência. Estamos construindo uma nova unidade da Pefoce em Russas e já estamos trabalhando para instalar outros equipamentos do órgão no interior do Estado, para fortalecer nossa estratégia de segurança pública”, salientou.

De acordo com o perito geral da Pefoce, Dr. Maximiano Chaves, a vinculada da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) conquista o maior efetivo de profissionais, desde a criação do órgão, há dez anos. “Por meio dessa convocação, o Estado alcança um quadro pericial com o maior número de servidores, em toda história da Pefoce. Temos a convicção de que atuação profissional de todos vocês permitirá que o Ceará seja, cada vez mais, eficiente na aplicação da Justiça, com a execução qualificada das perícias”, pontuou.

O diretor geral da AESP/CE, cel. Herlínio Dutra, disse que os novos profissionais devem abraçar a carreira com amor. “Vocês vão trabalhar para revelar um crime, inocentar e culpar pessoas e, principalmente, fazer justiça. Ser um servidor público é um compromisso de amor e quem não abarca essa carreira, entendendo que isso não é emprego, não é digno dela. Portanto, dediquem-se e abracem com amor a atividade que vocês resolveram seguir”, enfatizou.

O casal Carlos Júnior, de 30 anos, e Lilian Lima, de 26 anos, se conheceram ainda na formação para auxiliares de perícia, por meio de uma página social da turma, e acabaram constituindo uma família juntos. Para eles, contribuir com o Estado é motivo de orgulho. “O concurso me trouxe um amor, uma filha e o ingresso no tão sonhado funcionalismo público do Ceará”, disse bastante satisfeita. “Vamos contribuir com o Estado para prestar um serviço de qualidade à sociedade, fornecendo, por exemplo, um laudo preciso, que vai dar celeridade ao judiciário”, afirmou o, agora, servidor público.

Quem também ficou satisfeita com a convocação foi a médica perita legista Roberta Gomes Rodrigues, de 32 anos. Segundo ela, “o Governo do Ceará teve a sensibilidade de convocar uma segunda turma para melhorar o quadro da perícia”. “Um sonho de muitos profissionais que estão aqui e que, agora, torna-se realidade com a nomeação. A expectativa é de começar os trabalhos e poder contribuir efetivamente com a Segurança Pública do Estado do Ceará”, afirmou.



A solenidade contou ainda com a entrega da Medalha Professor José Carlos Ribeiro, que é concedida às autoridades que contribuíram fortemente para o engrandecimento das ciências forenses e da segurança pública no Estado do Ceará. Receberam a homenagem o governador Camilo Santana; o secretário Delci Teixeira (SSPDS); o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Marcus Rattacaso; O comandante geral da PM, cel. Geovani Pinheiro; o comandante geral do BM, Heraldo Maia; o secretário executivo da AESP/CE, Lúcio Ponte Torres e as peritas gerais adjuntas, Adilina Feitosa e Adriana de Morares Correia. Servidores da Pefoce que se destacaram no exercício de suas funções, também foram agraciados, com uma placa.

Formação dos servidores
O Curso de Formação Profissional da Perícia Forense foi realizado pela AESP entre junho e outubro de 2015 e teve uma carga-horária de 700h/a, formatados com base na matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (SENASP/MJ), abordando conhecimentos como: sistema de segurança pública no Brasil, direitos humanos, tiro defensivo, medicina legal, criminalística geral, fundamentos de DNA forense, entre outras disciplinas. 

Esta é a segunda turma convocada pelo concurso público realizado em 2011. Na primeira, formada em 2013, foram empossados 20 médicos peritos legista, 5 peritos legistas, 40 peritos criminais e 63 auxiliares de perícia.


Fonte: Site do Estado do Ceará

Wiarlen Ribeiro

Repórter / Célula de Reportagem
Fotos: Tiago Stille / Governo do Ceará


Categoria: , ,