Novas categorias profissionais são incluídas na Classificação Brasileira de Ocupações

Folha Belacruzense Noticias | quarta-feira, abril 20, 2016 |

Este ano, 12 novas categorias profissionais foram incluídas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), entre elas, agente de combate a endemias, condutor de ambulância, mestre de cerimônias e entrevistador social. Com as novas inclusões, as ocupações reconhecidas pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) no Brasil chegam a 2,6 mil.
Os dados da CBO alimentam as bases estatísticas de trabalho e servem de subsídio para a formulação de políticas públicas de emprego. A atualização é feita levando em conta mudanças nos cenários cultural, econômico e social do País, que provocam alterações na dinâmica do mercado de trabalho brasileiro.
Um exemplo de ocupações que surgiram a partir dessas mudanças é o entrevistador social, uma atividade estreitamente ligada à estratégia de inclusão social adotada pelo governo federal nos últimos 12 anos. Essa categoria tem, entre outras funções, alimentar o Cadastro Único de Programas Sociais do governo federal, o CadÚnico, sistema que guarda as informações das famílias de baixa renda e serve de banco de dados para as principais políticas públicas do País, como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida.
O MTPS incluiu também o agente de combate a endemias como a ocupação responsável por atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção da saúde. Na organização do trabalho de saúde na comunidade, o agente de combate a endemias e o agente comunitário de Saúde desempenham papel fundamental na promoção da saúde pública, pois são eles que estão em contato direto e contínuo com a comunidade, e são, na maioria das vezes, os principais articuladores entre a comunidade e a unidade ou serviço de saúde local.
CBO
A CBO é o documento que reconhece a existência de determinada ocupação e não a sua regulamentação. A regulamentação da profissão é realizada por Lei, cuja apreciação é feita pelo Congresso Nacional e submetida à sanção da Presidência da República.


Fonte: Agência CNM, com informações do Ministério do Trabalho e Previdência Social

Categoria: , , ,