Confederação Nacional de Municípios comemora Dia Mundial das Cidades

Folha Belacruzense Noticias | quarta-feira, novembro 04, 2015 |

“Nos Municípios vivemos e morreremos um dia”. A frase clássica é do presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski. Ela também foi usada para lembrar o Dia Mundial das Cidades, uma vez que faz referência ao local destinado à moradia, às atividades culturais, mercantis, industriais, financeiras das pessoas. A data é celebrada neste dia 31 de outubro e a CNM deseja aproveitar o momento para engajar a comunidade internacional sobre a importância da urbanização como fenômeno-chave do desenvolvimento. 
A comemoração deste ano traz o tema: Desenhadas para Conviver. A escolha volta os olhares para outro aspecto que impacta no desenvolvimento das cidades, a cooperação entre países e Municípios. Dessa parceria, podem ser identificadas oportunidades para enfrentar os desafios urbanos para o desenvolvimento sustentável, ressalta a CNM. E nesse sentido, a participação de todos os cidadãos é primordial. 
O Dia Mundial das Cidades busca justamente despertar a atenção de todos para a capacidade que o desenho urbano tem de afetar a maneira como vivemos, nos movemos, como vemos nossos bairros e quão seguros nos sentimos nas ruas. Esse desenho se dá pela combinação de ruas, tipologias de edifícios e mesmo a conexão de espaços públicos e rurais. Juntas, essas características formam a base dos Municípios, um esqueleto onde a vida dos cidadãos se constrói e seus sonhos se realizam. 
Espaços públicos
O coração e os pulmões de um Município são seus parques, mercados, praças, ruas, praias e parques infantis. São espaços de interação social, de atividade econômica, expressão cultural e discurso político. Quando os espaços públicos são abundantes e bem desenhados promovem o desenvolvimento econômico, a inclusão social, a saúde, a cultura, o turismo sustentável e a igualdade de gênero. 

Porém, se faltam espaços públicos ou os existentes estão em mal estado, isso pode provocar segregação social, recessão econômica, pobreza cultural e resultados deficientes na área da saúde, assim como violência e insegurança, especialmente para as mulheres. 
Celebração
A Confederação aproveita este dia para relembrar o papel central dos governos locais em transformar a rápida urbanização mundial em uma oportunidade também de transformar o mundo por meio do desenvolvimento sustentável. 

A entidade se compromete firmemente a incentivar a utilização do planejamento urbano para que o desenvolvimento sustentável seja alcançado nos Municípios. 
Veja  carta especial do diretor da ONU-Habitat para prefeitos


Fonte: Portal CNM

Categoria: ,