Bela Cruz apresenta dados do diagnóstico relacionados ao Trabalho Infantil

Folha Belacruzense Noticias | terça-feira, julho 14, 2015 |

Motivados pela divulgação de números do IBGE no censo 2010 relacionados ao trabalho infantil ao qual o município de Bela Cruz aparecia numa incomoda 27ª Posição no ranking no Ceará e a 2ª Posição na Região do Vale Acaraú, com uma estimativa de 1047 crianças e adolescentes em situações de trabalho, o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente juntamente com a Secretaria Municipal de Ação Social idealizaram uma ação de pesquisa e busca para saber com mais clareza qual era realmente a situação do problema e assim priorizar ações “in loco” para amenizar o quadro superficialmente diagnosticado.
Nasceu então o Projeto Trabalho Infantil em Foco, se tratando de uma pesquisa diagnostica com metodologia direta e indireta realizada com estudantes e familiares buscando identificar os casos em que algumas crianças e adolescentes eram ou não colocadas em situação de trabalho de maneira abusiva ou não. Na ação foram levantadas informações relacionadas ao Perfil dos envolvidos (crianças, adolescentes e familiares), Moradia, Renda Familiar, Educação Escolar, Atividades Diárias e a percepção das crianças sobre o trabalho infantil.
Ao final do diagnostico, participaram um total de 3.331 crianças e adolescentes na faixa etária de 07 a 17 anos, sendo 47,2% de meninas e 56,8% de meninos, matriculados em 31 escolas do município de Bela Cruz. Ainda segundo os dados do diagnostico, foram identificados ao final um total de 332 crianças e adolescentes em situação de trabalho, contrariando consideravelmente os dados apresentados pelo IBGE. Justificando os dados, a assistente social Adélia Andrade, aborda que a diferença entre os dados não significa necessariamente erros ou equívocos na coleta de dados, mas certamente uma outra metodologia ou variante considerada na pesquisa.

Agradecimento Especial
Na apresentação do diagnostico, a secretária de Ação Social de Bela Cruz, Cheila, além de engrandecer o relevante trabalho realizado por todos os envolvidos, fez questão de fazer um agradecimento especial a FUNDAÇÃO TELEFÔNICA VIVO que acreditou na idéia financiando o projeto por entender que ações dessa natureza colaboram decisivamente no combate a exploração do trabalho infantil.

Obs: Os dados foram apresentados durante a Semana de Combate a Exploração do Trabalho Infantil realizada no periodo de 15 a 19 de junho de 2015.

Mais Informações: Secretaria de Ação Social de Bela Cruz

Categoria: