Traficante interestadual é preso em Bela Cruz

Folha Belacruzense Noticias | segunda-feira, novembro 24, 2014 |


Um homem apontado pela Polícia como um dos maiores traficantes de drogas e armas do Ceará e dois de seus comparsas foram presos, na última segunda-feira (17), durante uma operação da Delegacia Municipal de Bela Cruz, em parceria com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e a Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Conforme a delegada Adriana Braga, titular de Bela Cruz, as investigações começaram quando um morador do Município chamado Mário César Morais, 45, levantou suspeitas para si intermediando diversas compras de imóveis repentinamente.
"A vida pregressa dele já era bastante conturbada e foram muitas transações em que uma quantia considerável de dinheiro estava envolvida, sem que ele tivesse patrimônio para isto. Ao aprofundarmos as investigações chegamos ao verdadeiro financiador destas compras e ficamos surpresos com a gravidade do esquema montado por eles", declarou a delegada.
O esquema a que Adriana Braga se refere é a movimentação de drogas e armas que vinham do Estado de Rondônia a mando de José Orlando Serafim da Silva, 49, que acabou sendo preso, em decorrência da ação policial, em Bela Cruz.
O delegado titular da DRF, Raphael Vilarinho, disse que Orlando Serafim é um criminoso perigoso que tem envolvimento com diversos tipos de crimes e já tinha aliciado pessoas para trabalhar para ele, em vários pontos do Estado.
"Em cada remessa ele trazia cerca de 120 quilos de drogas e muita arma do Rondônia, utilizando barcos e caminhões. É uma prisão de muita importância, porque não se trata de um traficante pequeno que vende para usuário de drogas, mas do chefe de uma organização criminosa poderosa", disse Vilarinho.
Orlando Serafim já tinha dois mandados de prisão em aberto, expedidos pela Justiça Federal e era condenado a oito anos de reclusão por tráfico de drogas. Além disso, conforme a Polícia, responde outros dois processos por tráfico de drogas, dois por homicídio, três roubo de veículos e cargas e outros dois por roubo à pessoa.
Nome falso
'Serafim', como é conhecido no mundo do crime, estava morando em Bela Cruz há cerca de um ano, se passando por empresário do ramo de imóveis, segundo Adriana Braga. Ele usava o nome falso de 'Eduardo'. "Na Cidade todo mundo o conhecia como 'Eduardo'. Circulava em carros de luxo e aparentava um padrão de vida alto. Quando descobrimos toda esta farsa e quem ele realmente era, apreendemos os quatro veículos e estamos pedindo à Justiça a indisponibilidade dos bens dele, porque notoriamente foram conseguidos com dinheiro obtido por meio do tráfico de drogas", afirmou.
Investigações
A delegada disse que as investigações continuam para que o restante da organização criminosa montada pelo traficante seja desbaratada. Mário Moraes, apontado com o gerente do esquema, já responde por extorsão mediante sequestro, receptação e estelionato. Uma mulher identificada como Maria Edna de Oliveira também foi capturada, na cidade de Acaraú com 700 gramas de crack. Ela é suspeita de trabalhar para 'Serafim'.

Fonte: Site do Diário do Nordeste.

Categoria: