Bela Cruz recebe médicas cubanas do Programa Mais Médicos

Folha Belacruzense Noticias | quarta-feira, novembro 13, 2013 |

O município de Bela Cruz recebeu os 02 primeiros profissionais médicos cubanos que reforçarão o sistema público de saúde do Município. Os profissionais farão atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, integrando as equipes do Programa Saúde da Família, que são responsáveis pelo acompanhamento das comunidades, com ações de prevenção, recuperação e reabilitação de doenças e na manutenção da saúde.
Em jantar de recepção, o corpo administrativo da Prefeitura Municipal de Bela Cruz, liderados pelo prefeito Carlos Antônio e o sec. de Saúde do municipio, Dr. Rogério Cunha, juntamente com o secretariado municipal deu as boas vindas as médicas cubanas, no Polo de Convivência da Assistência Social. Em discurso de boas vindas, a primeira dama, Cheila Carvalho, enalteceu a importância do programa para melhorar o atendimento da população: “A chegada dos médicos representa uma grande conquista para a Saúde de Bela Cruz, e o nosso governo continuará trabalhando para garantir a excelência dos serviços prestados à população”.

O sec. de Saúde, Dr. Rogério Cunha, também fez questão de ressaltar que os novos médicos contribuirão para qualificar ainda mais os serviços nas Unidades Básicas de Saúde, inicialmente nas localidades de São Gonçalo e Baixio,“Com o programa Mais Médicos, conseguiremos reforçar o Programa Saúde da Família e assim daremos mais agilidade nos atendimentos médicos nos distritos e localidades mais distantes da sede do municipio". Segundo ainda, Dr. Rogério reforçou que ainda virão nos próximos dias, mais 02 médicos que reforçarão ainda mais as atuais 09 (nove) equipes de PSF's já existentes.

Na chegada à Cidade, as médicas mostraram otimismo em relação ao trabalho que será desenvolvido. As mesmas afirmaram que o último mês foi agitado e intenso, porém repleto de aprendizado. “Apesar de estarmos pouco tempo no Brasil, passamos todos esses dias estudando de manhã e a tarde, e nos preparando para atender a população”, disse. Em relação ao idioma, a população pode ficar tranquila, pois os profissionais estudavam a língua portuguesa mesmo antes de desembarcarem no Brasil. “Em Cuba já estávamos estudando português há mais de três semanas, e aqui no Brasil ficou mais fácil com o contato dos brasileiros. Já temos condições plenas para a comunicação com os pacientes, e com o tempo iremos assimilar ainda mais o idioma”, concluiu.
Preparação

Os profissionais chegaram ao Brasil em outubro e desde então, participaram de cursos sobre os índices da saúde no Brasil, equipamentos públicos e suas equipes. Foram avaliados por universidades federais, que testaram os conhecimentos de atenção básica do SUS (Sistema Único de Saúde) e conhecimentos em língua portuguesa.

Mais médicos

O Programa Mais Médicos foi lançado em julho deste ano pelo Governo Federal, com o intuito de melhorar o atendimento aos usuários do sistema público de saúde. Os profissionais receberão uma bolsa de R$ 10 mil por mês, custeada pelo Ministério da Saúde, e os municípios ficam responsáveis apenas pela moradia e alimentação dos selecionados.

Categoria: